INSERÇÃO DA SUSTENTABILIDADE NOS RELATÓRIOS DE DIVULGAÇÃO VOLUNTÁRIA DE INFORMAÇÕES

Bruna Rafaelly Milosz, Marcos Roberto Kuhl

Resumo


Este estudo tem por objetivo analisar como as informações sobre sustentabilidade nas suas dimensões econômica, social e ambiental estão sendo inseridas nos relatórios de divulgação voluntária nos Relatos Integrados, podendo ser o diferencial para a sobrevivência dessas organizações. Para tanto procede-se à um estudo qualitativo com coleta de dados secundários dos RI’s divulgados por empresas brasileiras com ações negociadas na BM&FBovespa, sendo estudadas quatro empresas que divulgaram o RI de 2015-2016 (Banco Santander S/A – 2016; Grupo CCR-2016; Itaú Unibanco S/A – 2015; Natura Cosméticos S/A – 2016). Deste modo observa-se que a sustentabilidade é tratada na maioria das vezes de forma geral, e pouco inserida em apenas uma das dimensões estudas. Em alguns casos também observa-se que é tratado sobre sustentabilidade mas não ocorre a exposição do termo. O que permite concluir que a sustentabilidade ainda é tímida entre as empresas mesmo ela sendo considerada como um elemento para a geração de valor.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.