A SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DAS ORGANIZAÇÕES LOCALIZADAS NAS REGIÕES DA AMREC E AMESC SOB O OLHAR DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Eduardo Tramontin Castanha, Andréia Cittadin, Milla Lúcia Ferreira Guimarães

Resumo


O objetivo deste estudo é verificar as práticas de sustentabilidade ambiental das organizações localizadas as regiões da AMREC e AMESC sob o olhar dos estudantes de Ciências Contábeis de uma instituição de ensino superior localizada no Sul de Santa Catarina. Os procedimentos metodológicos adotados para a consecução do estudo consistiram de pesquisa exploratória, descritiva, utilizando-se como técnica a análise de conteúdo. As organizações pesquisadas foram selecionadas por acadêmicos matriculados na disciplina de Contabilidade Meio Ambiente e Responsabilidade Social. Como forma de identificar as políticas e/ou ações de sustentabilidade das organizações localizadas na AMREC e AMESC foi desenvolvido um checklist contendo elementos das dimensões sociais e ambientais tendo como base as diretrizes do modelo de Balanço Social proposto pela Global Reporting Initiative (GRI). Os resultados obtidos indicam que das 15 empresas selecionadas para a consecução da atividade 11 estão localizadas em munícipios da região da Amrec e 4 estão localizadas na região da Amesc. Além disso verificou-se que os segmentos empresariais que obtiveram destaque na escolha dos acadêmicos foram os segmentos agroindustrial, analisado por 3 grupos, seguido do segmento cerâmico (2 grupos), distribuição de energia elétrica (2 grupos) e supermercadista (2 grupos). Quanto as ações realizadas pelas organizações, 17 políticas socioambientais foram identificadas, das quais 7 são de cunho ambiental e 10 de cunho social. Conclui-se que na visão dos acadêmicos da disciplina de Contabilidade Meio Ambiente e Responsabilidade Social a proposta da exposição Conhecer para Preservar contribuiu significativamente para a formação a acadêmica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.