O EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO NO SETOR PÚBLICO

Ana Paula Pina Costa

Resumo


O presente estudo inicia-se com a análise das teorias que originaram o termo empreendedorismo no setor público, evidenciando a polissemia do termo, e a sua indissociabilidade do comportamento do empreendedor. O comportamento do empreendedor ganha enfoque, pois embora não determine o resultado de um empreendimento, interage com os demais elementos no êxito dos resultados alcançados. Parte-se, sem seguida, ao exame do termo empreendedorismo corporativo, cunhado inicialmente como intrapreneurship, que consiste na utilização do espirito empreendedor - entrepreneurship – para designar aqueles que em corporações previamente estabelecidas, sejam públicas ou privadas, implementam melhorias ou inovações que incrementam a prestação de seus serviços. Por fim, foca-se nas denominações atribuídas ao governo empreendedor e ao empreendedorismo corporativo para demonstrar que esta última noção pode ser aplicada ao setor público para auxiliar nas tarefas dos servidores e no alcance do interesse público sem colocar em risco a democracia ou a impessoalidade da administração pública.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.