EMPREENDEDORISMO NAS COMUNIDADES QUITUNGO, GUAPORÉ E VILA PEQUERI: UMA ANÁLISE COMPARADA ENTRE 2014 E 2016

Roberto Carlos Pessanha Barreto, Antonio José Marinho Ribeiro, Luciano Bispo dos Santos

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo dar continuidade e profundidade no estudo do comportamento dos empreendedores das comunidades do Quintungo, Guaporé e Vila Pequeri no bairro de Brás de Pina – Rio de Janeiro, através de uma análise comparada entre dois períodos – primeiro semestre de 2014 a com o primeiro semestre de 2016 – enfatizando o momento de crise política e econômica instalada no Brasil. Utilizamos a metodologia de pesquisa de campo exploratória e descritiva nas comunidades citadas, o conteúdo recebeu tratamento qualitativo e quantitativo por entender ser mais adequado para alcançar os objetivos pré-estabelecidos. Os resultados apontaram que a crise política e econômica não influenciou no sucesso dos negócios, apesar de uma minoria se mostrar preocupada com a situação e que além dos empreendedores solidários que se apresentaram como minoria, as três comunidades possuem características de empreendedorismo tradicional, onde a figura do empreendedor aparece como um agente de mudança, ou seja, a chave para o desenvolvimento econômico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.