EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO: PERSPECTIVAS, ESTRATÉGIAS E CONCEITOS

Guilherme Amelio Milian

Resumo


O objetivo geral deste artigo é apresentar a evolução conceitual do termo empreendedorismo e compreender os mecanismos de ruptura da dinâmica socioeconômica na economia capitalista a partir da inovação. O bem-estar dos países esteve associado a concepção de crescimento econômico. Nesse ínterim, a medida de expansão material da produção de bens e serviços, ou seja, o PIB, determinou o sucesso ou insucesso dos países. O desenvolvimento econômico traduz-se, em síntese, não apenas na riqueza material, mas na qualidade de vida da população e na eficiência dos serviços públicos. Entende-se que a inovação e o empreendedor (ismo) são os bastiões do desenvolvimento econômico. A inovação possibilita acréscimos de bem-estar ao melhorar as condições materiais de existência. O empreendedorismo promove o desenvolvimento das potencialidades humanas por meio do trabalho. Conclui-se que a dinâmica econômica exige estratégias inovativas e o empreendedor é o agente da transformação, que cria valor (utilidade) no contexto de incerteza. Adicionalmente, gera-se externalidades favoráveis à sociedade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.