EMPREENDEDORISMO INFORMAL: UMA ANÁLISE DO COMÉRCIO INFORMAL EM CONDOMÍNIOS RESIDENCIAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA, BAHIA

Bianca Gomes Sousa, Almiralva Ferraz Gomes, Marcelo Santos Amaral

Resumo


A constante busca por mais segurança e qualidade de vida têm fomentado a troca das tradicionais moradias por condomínios residenciais, que oferecem espaços comuns e serviços compartilhados, além de abrirem oportunidade para o desenvolvimento de diversas atividades empreendedoras, sobretudo a prática do comércio informal. O presente artigo busca se inserir no debate sobre empreendedorismo e informalidade, tendo como objetivo compreender a dinâmica de atividades comerciais informais estabelecidas em condomínios residenciais fechados do município de Vitória da Conquista, Bahia. Optou-se por um levantamento de natureza empírica, com uma amostragem não probabilística por critério de acessibilidade. Como instrumentos de coleta, foram utilizados formulários e entrevistas semiestruturados, que receberam tratamento quali-quantitativo. Os resultados revelaram uma parcela significativa de mulheres que recorreram ao empreendedorismo informal, principalmente, como forma de complementação da remuneração familiar. Apurou-se ainda uma tendência positiva quanto à satisfação com a atividade executada e a manifestação do desejo de realização de melhorias nos empreendimentos. Ademais, o comércio informal nos condomínios analisados apresentou-se como fruto da vontade de empreender e arriscar em um negócio novo com o intuito de se usufruir de algumas vantagens da informalidade, sobretudo, a obtenção de autonomia financeira e profissional e  aumento da renda.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.