ENSINO DO EMPREENDEDORISMO: PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

Luiza Eluina Moreira Cunha, Fábio Freitas Schilling Marquesan, Joselito Brilhante Silva

Resumo


Na época em que os holofotes estão voltados para mudanças econômicas e sociais, é substancial destacar o papel dos empreendedores neste contexto. Apesar da consolidação teórica do empreendedorismo, algumas lacunas carecem de averiguações complementares, dentre elas, a percepção dos alunos sobre a disciplina de empreendedorismo. O estudo objetiva compreender a percepção dos alunos do ensino superior sobre a disciplina de Empreendedorismo e Inovação, em uma Instituição de Ensino Superior de Fortaleza, Ceará. Utilizando uma abordagem qualitativa de caráter exploratório e descritivo, o estudo utilizou técnicas de pesquisa bibliográfica e grupo focal e teve como objeto de pesquisa os alunos que cursaram a disciplina no semestre. Édefinida, ainda, quanto aos meios como estudo de caso, quanto à natureza como aplicada e quanto ao aspecto temporal como transversal. A coleta de dados foi feita por meio de entrevista. Como conclusão, pode-se inferir que a disciplina de Empreendedorismo influenciou o comportamento dos alunos no sentido de despertar e contribuir para o desenvolvimento de características que levem os alunos a empreenderem, despertando interesse pela inovação e novos tipos de negócios e contribuindo para descoberta do seu potencial empreendedor. Quanto à infraestrutura, ainda depende de uma estrutura de apoio para o desenvolvimento de mais atividades práticas empreendedoras, dinâmicas e jogos de empresas. Do ponto de vista institucional, verificou-se a necessidade de desenvolver e adotar mecanismos de apoio ao ensino, à realização de palestras e rodadas de conversa com empreendedores locais e regionais, além do escritório de gestão e da incubadora de empresas já disponibilizados.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.