PROSPECÇÃO DA EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DE ENSINO SUPERIOR

Marcelo Costa Borba, Josefa Edileide Santos Ramos, Bibiana Melo Ramborger, Murilo Campos Lima, João Armando Dessimon Machado

Resumo


A formação para o empreendedorismo envolve cuidados e medidas para cultivar as atitudes em relação a percepção das normas sociais, autoeficácia e intenção de empreender. Sendo assim, este artigo traz uma revisão sistemática sobre educação empreendedora em todo o mundo, com o intuito de verificar os caminhos seguidos pelas instituições de ensino superior frente a temática. Os resultados permitem avaliar o papel acadêmico para geração de ideias e desenvolvimento de negócios. Ao mesmo tempo que necessita de uma combinação de fatores e motivações como educação professional; conhecimento de negócios; treinamento e capacitação empresarial; e autodesenvolvimento. Ensinar empreendedorismo requer orientação a ação e foco no desenvolvimento das competências e atitudes empreendedoras. Mesmo que, não garantindo o sucesso empresarial, permite aos indivíduos a compreensão de gestão e de riscos à frente de um negócio.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.