A PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS COMPRADORES DE UMA INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS DO OESTE DO PARANÁ

Gustavo Yuho Endo, Vinicius Thomas Back, Loreni Teresinha Brandalise

Resumo


Este trabalho tem como objetivo identificar a percepção ambiental e o comportamento de compra dos compradores de uma indústria de medicamento do Oeste do Paraná, considerando a Análise do Ciclo de Vida do produto (ACV). O estudo se justifica, pois, os compradores são reconhecidos como uma das funções mais importantes em uma empresa, já que são os responsáveis pela aquisição de materiais necessários para funcionamento. Neste contexto, é importante conhecer o perfil em relação à percepção e o comportamento ambiental dos compradores, o que pode contribuir com a imagem da empresa perante os stakeholders, ao demonstrar a preocupação com as questões ambientais. Este trabalho caracteriza-se como uma pesquisa descritiva e o instrumento de coleta de dados tomou como base o modelo de Brandalise (2008) denominado VAPERCOM, aplicado aos 12 compradores da empresa. Os resultados mostraram que: os compradores, ao selecionar os fornecedores, poucas vezes levam em consideração as ações ambientais que as mesmas praticam. Os principais fatores de escolha dos fornecedores são: a qualidade do produto e o preço. Considerando a ACV, os compradores possuem “média preocupação” em relação à etapa da extração de matéria prima e no processo de produção do produto. Quanto às etapas utilização, pós utilização e descarte do produto, possuem “frequente preocupação”.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.