O PROGRAMA DE COLETA SELETIVA DA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG: UMA ANÁLISE DE SEU DESEMPENHO E NÍVEL DE SUSTENTABILIDADE

Leonardo Rodrigues Pires, Ananda Silva Singh, Valdir Machado Valadão Junior

Resumo


As altas taxas de consumo e a crescente produção de resíduos estão entre os maiores problemas ambientais atualmente enfrentados pela humanidade. Dessa forma, um dos desafios da construção do desenvolvimento sustentável é criar instrumentos de mensuração para prover informações que facilitem a avaliação do grau de sustentabilidade das sociedades, auxiliando na definição de metas de melhoria. Estes instrumentos se constituem em indicadores de sustentabilidade, utilizados para mensurar, por exemplo, o nível de sustentabilidade da coleta seletiva de um município. Inserido neste contexto, o presente trabalho consiste em analisar o nível de sustentabilidade do programa de coleta seletiva da cidade de Uberlândia/MG. Para tal, realizou-se um estudo de caso cuja pesquisa possuía natureza descritiva, abordagem qualitativa, e na qual foi utilizada a matriz de avaliação de sustentabilidade proposta por Besen (2011). Os resultados obtidos mostraram que a coleta seletiva promovida pela prefeitura do município, em parceria com organizações de catadores de material reciclável e uma empresa terceirizada especializada em coleta de lixo, possui uma tendência desfavorável à sustentabilidade.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.