ANÁLISE DAS ESTRUTURAS DE INCENTIVO À COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL NA CADEIA DE CAFÉS ESPECIAIS NO ESTADO DO PARANÁ

Nathália Caroline Faria

Resumo


Como o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de café, os cafés especiais do Paraná devem ser estimulados para maior poder de competitividade no mercado internacional, já que este, por sua vez, possui potencial natural para este segmento. A base na análise de estruturas de incentivo dentro da cadeia sustentável de cafés especiais no Paraná, está relacionada a capacitação do produtor, confiança nas relações e na inibição do oportunismo, além do valor agregado a sustentabilidade, que pode aumentar a renda do produtor e ainda gerar reconhecimento, não somente do produtor, mas também da região. A metodologia utilizada nesta pesquisa é qualitativa, com base em pesquisas teóricas sobre a cafeicultura paranaense e o incentivo a cadeia de alto valor agregado de café. Os resultados apontam que uma das formas de incentivo a sustentabilidade é o estreitamento das relações entre os elos da cadeia, pois, ao gerar confiança, diminui-se os custos das transações, por consequência, aumenta-se a cooperação e o desempenho do setor.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.