UM ESTUDO SOBRE AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS A PARTIR DO MODELO DE HÉLICE TRÍPLICE

Victor Hugo da Silva Santos

Resumo


Diante das exigências de qualidade dos mercados consumidores de produtos agroalimentares, o sistema de Indicação Geográfica torna-se um mecanismo inovador por possibilitar agregar valor ao produto por meio da qualidade e garantir benefícios ao desenvolvimento local. Entretanto, para se obter a certificação, é preciso que, além da organização coletiva de produtores e sociedade beneficiada, sejam comprovadas as influências geográficas, históricas e culturais que propiciam ao produto uma característica diferente aos demais. Portanto, a conscientização, o trabalho de coleta de dados e treinamento passam a ser de indispensável importância no processo de obtenção, demandando, assim, recursos financeiros e tecnológicos provenientes de programas políticos e estudos de instituições produtoras de conhecimento. Nesta perspectiva, se engloba o conceito de Hélice Tríplice, o qual se baseia no dinamismo e na inovação do conhecimento como base da geração de riqueza, como um propulsor no processo de obtenção desta certificação. Este artigo visa discutir alguns pontos sobre a interação entre os atores a partir do contexto do Modelo de Hélice Tríplice no contexto das Indicações Geográficas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.